por -
Avalie esse post

Ebook-do-Matheus-Lessa

Mesmo bem antes de outubro chegar é importante que você pense em maneiras de como vender mais no Dia das Crianças no seu restaurante. Essa, aliás, é uma preocupação que atinge a maioria dos empresários, mesmo os que não atuam na área da alimentação fora do lar, afinal representa uma ótima oportunidade de aumentar os lucros.

Você já pensou em algo para esse ano?

Independe da sua resposta, veja abaixo algumas dicas poderosas que separamos sobre esse assunto.

Dicas de como vender mais no Dia das Crianças no seu restaurante

Para alguns donos de restaurante pensar em ações específicas para o Dia das Crianças não chega a ser uma prioridade. Mas, se você faz parte desse grupo, considere seriamente rever seu ponto de vista.

E o motivo é bem simples: as crianças de hoje, que vão ao seu estabelecimento com os pais ou outros familiares, são, sem dúvidas, os seus clientes fiéis de amanhã. Para isso, porém, é preciso que exista todo um processo de fidelização e encantamento em relação à sua marca, e nada melhor do que o Dia das Crianças para começar.

Além disso, outro ponto crucial que deve ser pensado é a oferta em si: independente do tipo de presente que essas mesmas crianças gostam de ganhar, tenha em mente que a máxima de que “uma experiência é tão importante quanto coisas materiais” não vale só para adultos, mas também para os pequenos.

Logo, junte-se à sua equipe e pense em alternativas que de fato envolvam esse público, criem memórias maravilhosas e façam com que todos saiam com um gostinho de quero mais. O lucro será consequência dessas ideias.

Veja abaixo algumas dicas para te ajudar:

CRIE UM CARDÁPIO ORIGINAL

Estamos falando de como vender mais no Dia das Crianças no seu restaurante, então não tem como deixar o cardápio de fora, não é mesmo? Mas cuidado: evite ao máximo o “mais do mesmo”, como colocar batata frita, frutas e legumes em um determinado prato e considerá-lo infantil.

Mais uma vez, junte-se à sua equipe (da cozinha especificamente, e de preferência com o apoio de um nutricionista) para pensar em algo que realmente possa encantar os pequenos clientes. Muitas vezes nem é preciso mudar a receita em si, mas sim pensar em uma apresentação diferente.

exemplo-de-sobremesa-de-dia-das-crianças-para-restaurantes

PENSE NUMA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

Não é por que você possui um restaurante que precisa criar experiências voltadas exclusivamente para comida. Muito pelo contrário: pense mais longe e crie uma programação completa para entreter as crianças.

Elas podem, por exemplo, ser recebidas com uma sessão de pinturas faciais, seguida de uma mini aula de preparo de saladas e, depois levadas para uma área especial com brinquedos, atividades diversas e monitores, podendo brincar à vontade antes ou depois do prato principal.

SE POSSÍVEL, MUDE ALGUNS DETALHES DA AMBIENTAÇÃO

Sabemos que mudar todo o ambiente de um restaurante para o Dia das Crianças sendo que o mesmo também poderá ser frequentado por grupos de adultos na mesma data pode não gerar a melhor experiência para esse último grupo.

Mas, como o foco nesse dia são os pequenos, tente trabalhar com reservas antecipadas, assim saberá se todas as mesas estarão ocupadas por famílias com crianças ou não. Se a resposta for positiva, é hora de colocar a criatividade em ação!

Que tal jogos americanos coloridos e divertidos?

E se a música ambiente for de desenhos animados que fazem sucesso no momento?

Contratar algum personagem para participar da refeição com as crianças surtiria que efeito?

E que tal escalar para esse dia os garçons que mais possuem afinidade com crianças?

Pense bem a respeito de cada pergunta e não se esqueça: a ideia é criar uma experiência que seja lembrada por muito tempo, de forma positiva.

As promoções e descontos também fazem parte desse processo

Além das dicas acima, não podemos esquecer que as promoções e os descontos também devem entrar em jogo na hora de pensar em como vender mais no Dia das Crianças no seu restaurante. Aliás: esses dois pontos são válidos em qualquer data comemorativa, mas devem ser pensados com muita cautela.

Algumas ideias comuns nesse caso são:

  • Oferecer bebida grátis na compra de determinado prato;
  • Não cobrar refeição, ou cobrar menos, de crianças até 5 anos de idade;
  • Oferecer uma sobremesa como cortesia.

Há, também, a oferta de brindes, mas tudo isso só deve entrar em prática se você realmente tiver um bom conhecimento dos números do seu negócio, mais especificamente do seu financeiro. Caso contrário, o lucro pode não ser o esperado e, na pior das hipóteses, nem mesmo aparecer.

Quanto há disponível em seu restaurante HOJE para colocar as ações de Dia das Crianças (ou de qualquer outra data) em andamento?

É possível que você saiba responder essa pergunta de forma rápida, mas nem sempre esse valor reserva é calculado de forma saudável, por isso o controle financeiro é tão importante e é por isso, também, que existem as Planilhas de Gestão Financeira.

Com elas você conseguirá ter uma visão completa de todas as suas vendas, sejam elas feitas em dinheiro ou em cartão (tanto débito quanto crédito) e, assim, poderá fazer previsões de investimentos e até mesmo valores que deseja alcançar, já considerando as taxas que deverá pagar mês a mês.

Por exemplo: no Dia das Crianças a meta é vender 20% a mais, mas quanto, de fato, foi vendido no mês anterior? É esse tipo de pergunta que você conseguirá responder com esse material, que pode ser conhecido mais a fundo clicando no link acima ou no banner abaixo.

Dê uma olhada e se ficar com qualquer dúvida é só clicar aqui e conversar com a nossa equipe.

Lembrando que um bom controle financeiro é essencial para o seu negócio independente da época, seja ela comemorativa ou não.

banner planilhas financeiras matheus lessa