por -
Por que alguns Restaurantes conseguem gerar lucros enquanto outros sofrem miseravelmente para pagar as despesas do mês?
4 (80%) 3 votes

E-book-Os-Sergredos-dos-Restaurantes-de-Sucesso

Existem vários fatores que precisaríamos analisar para chegar num diagnóstico mais preciso para essa pergunta: Por que alguns Restaurantes conseguem gerar lucros enquanto outros sofrem miseravelmente para pagar as despesas do mês? Infelizmente o que mais percebo é que muitos donos e gerentes de restaurantes, não estudam como deveriam os números do seu negócio e com isso não tem parâmetros para as principais tomadas de decisão, e muitas vezes cometem erros que podem custar até mesmo o seu negócio.

Os dados do restaurante ajudam a orientar suas decisões, desde o pedido semanal de curto prazo até o planejamento financeiro e investimentos de longo prazo. Usando os números do seu restaurante, você também pode procurar evidências nos custos por turno, nos seus pedidos de compras, controle da produção e até mesmo no melhor atendimento aos clientes. Todo esse entendimento terá um reflexo direto nos seus lucros.

A avaliação de dados ajuda você a identificar não apenas os desafios contínuos de seu restaurante, mas também suas oportunidades. O que está funcionando? O que não está? E a partir daí você pode fazer escolhas inteligentes para o seu negócio.

Mas quais seriam os principais números do seu restaurante que você deveria verificar? E o que esses dados realmente significam para o seu negócio? Nesse artigo eu separei alguns deles para te ajudar hoje mesmo a colocar o trem nos trilhos e seguir rumo aos resultados que você tanto sonha para o seu negócio. Vamos lá?

1 – Analisar os números de vendas

Você pode fazer esse controle utilizando um software, ou até mesmo uma planilha de controle. O importante nessa atividade é que você deve ser capaz de ver o que é mais pedido entre os seus clientes e o que não tem sido tão atraente. Então, veja quanto qual a margem de lucro você possui para esses itens.

Nesse vídeo eu explico mais a fundo como algumas técnicas simples podem aumentar as vendas de determinados itens no seu cardápio.

Se um item é popular e altamente lucrativo, é o que a engenharia do cardápio chama de pratos estrelas. Todo dono de restaurante espera ter várias estrelas no seu cardápio. Se um prato é popular, mas sua margem de lucro é pequena ou inexistente, são chamados de pratos “burro de carga”. Muitos pratos como esse no seu cardápio podem significar que você não esta sabendo como precificando seus pratos e com isso deixando de faturar.

Você usa a Engenharia do Cardápio a seu favor? Se você nem sabe o que é e como aplicar aconselho você a ler meu artigo completo falando sobre esse tema que muita gente desvaloriza, mas que é muito importante para gerar lucros no seu restaurante. Clique aqui e Aprenda como aplicar a engenharia do cardápio e dobre o seu faturamento

2 – Custos com Alimentos

Depois de analisar os números de vendas e comparar a popularidade dos pratos em seu cardápio x o lucro que cada um deles gera para o seu negócio, talvez seja hora de reavaliar seu custo de insumos para cada um desses pratos. Consulte as faturas do fornecedor, sua planilha de controle de compras (é fundamental que você tenha uma)  e certifique-se de que compreende o custo real de cada ingrediente e quanto desse ingrediente você está usando para qualquer prato individual do seu cardápio. Isso pode ajudá-lo a decidir qual dos seus pratos deve ter  seus preços ajustados para manter a sua margem de lucro sobre controle.

Eu gravei um vídeo com o tema: Cuidado com a Substituição de Ingredientes dentro do seu Bar ou Restaurante. Assista!

3 – Custos com mão de obra

Antes de falar sobre o que é mão de obra direta e indireta, eu preciso te explicar o significado da palavra mão de obra. Esse termo se refere ao trabalho manual empregado na produção dentro do seu negócio de alimentação. Assim, a mão de obra direta diz respeito ao trabalho executado por colaboradores que estão diretamente atuando na fabricação dos produtos. Em outras palavras seriam os trabalhadores da linha de produção.

Assista também o vídeo: Como evitar um erro no controle de horas extras no seu restaurante

Enquanto isso, a mão de obra indireta é o trabalho realizado de supervisão ou apoio à produção, tais como a limpeza, manutenção, vigilância, etc. Além disso, a mão de obra, tanto direta como indireta, tem um custo, o qual é uma das parcelas correspondentes ao custo total que precisa ser inserido no custo dos pratos dentro do seu restaurante. Fato esse ignorado pela grande maioria dos donos de negócios no segmento de alimentação e bebidas. Assim, quanto mais cara for a mão de obra, mais alto será o valor do seu produto, embora exista uma série de outros aspectos que influencia no valor final de um prato.

4 – Estudar os concorrentes

Você também deve procurar as classificações e os números de mercado da concorrência em sua cidade, bairro ou região. Desse estudo, você pode identificar áreas de melhoria para o seu próprio restaurante. Se seus concorrentes (especialmente aqueles com dados demográficos iguais ao seu) parecem estar se saindo melhor em certas áreas do que o seu negócio… o que eles estão fazendo e você não? Como você pode melhorar seus números ou estratégias diante desse estudo? Essas são apenas algumas das perguntas que você precisa se fazer com os dados colhidos nessa pesquisa.

Assista o vídeo: Como estudar os seus concorrentes

Do outro lado da moeda, você pode ter resultados muito melhores do que a maioria dos seus concorrentes e isso é um ótimo sinal de que o seu negócio está no caminho certo. Valorize cada vez mais seus pontos fortes e busque incessantemente corrigir os pontos que ainda não estão. Você precisa proporcionar para seus clientes uma experiência única e prazerosa, desde o atendimento até os pratos que você oferece em seu cardápio.

5 – Retorno do investimento em anúncios

O retorno sobre o investimento em anúncios (ROAS) é um cálculo bastante simples: a receita da campanha publicitária dividida pelo custo da campanha de anúncios multiplicada por 100. Esse investimento pode ser feito no facebook, google, instagram, tripadvisor… O ROAS dá a você uma ideia de quanto uma campanha publicitária específica beneficiou o seu restaurante. A partir daí, você pode tomar decisões sobre futuras campanhas de marketing, melhorando cada vez mais os resultados dos seus anúncios.

Mas fique atento, existem fatores atenuantes além desse cálculo que você terá que ficar de olho. Por exemplo, o ROAS apenas diz o quanto foi investido e retornou em vendas, não no lucro. Ao decidir sobre suas campanhas de publicidade , aponte para publicidade que incentive os clientes a gastar mais, não menos. Eu criei uma série de vídeos no meu canal do Youtube para te ajudar nessa jornada. Dá só uma olhada no vídeo abaixo:

[Vídeo] 5 dicas para você usar o marketing digital e aumentar suas vendas

6 – Feedback dos seus clientes

Sim, o feedback do cliente é um dado qualitativo do seu restaurante – não números, mas opiniões subjetivas. Afinal, os números brutos não podem dizer como seus clientes se sentiram durante a experiência de um almoço ou jantar, mas uma análise fornece insights mais profundos sobre o que mais se destaca no seu negócio. Não são apenas críticas positivas que são importantes para você; Se seus dados mostrarem que os números estão bons, mas com algumas avaliações ruins não se desespere, porque essas informações são valiosíssimas para você ver onde você precisa melhorar e aumentar os resultados do seu negócio.

Leia esse artigo completo onde eu explico na prática como fazer uma pesquisa de satisfação dentro do seu bar ou restaurante.

Espero que esse artigo tenha te ajudado a ter uma outra visão sobre os números do seu negócio e se você quer se aprofundar ainda mais nos estudos eu te convido para ver esse outro vídeo onde eu explico na prática sobre os pontos mais importantes para construção de um Cardápio Vendedor para o seu negócio de alimentação, clique no banner abaixo para saber mais.

como-criar-um-cardapio-curso