por -
Avalie esse post

como-criar-um-cardapio-curso

Diferença entre valor e preço… Você sabe qual é? Esse com certeza é um assunto que deve ser do conhecimento de qualquer pessoa, sendo ela empreendedora ou não. Aliás, fica aqui outra pergunta: você já se pegou pensando sobre o real VALOR de tudo que adquire? Pois é: ele é muito diferente do preço pago por algo, e é sobre isso que falaremos nesse artigo, te mostrando ainda como essa diferença afeta diretamente as suas vendas no restaurante.

Fique conosco até o final desse artigo para saber mais.

A real diferença entre valor e preço, e por que é tão importante que você a conheça

Como já demos a pista acima, o valor de algo é MUITO diferente do seu preço, mas é preciso entender o motivo de isso acontecer.

E isso é bem mais simples do que parece. Basicamente podemos definir cada termo da seguinte forma:

PREÇO

O preço está diretamente ligado a números e a quantias em dinheiro, representando o produto (no caso os seus pratos, drinks, etc) com base no quanto ele custou para ser produzido e o quanto precisa gerar de lucratividade.

VALOR

Já o valor está mais voltado para a QUALIDADE desses produtos (os mesmos pratos, drinks e etc, se tratando dos restaurantes), e a real percepção que seus clientes terão deles, considerando a experiência que os mesmos podem gerar.

Pode ser difícil entender isso no contexto do food service, mas vamos pensar utilizando outro tipo de mercado: a hotelaria, por exemplo.

Em uma cidade que possui dezenas de hotéis, alguns clientes podem escolher a hospedagem simplesmente pelo preço, principalmente se estiverem querendo economizar, mas quais os benefícios que terão com essa escolha? Além do preço baixo, o que o hotel tem a oferecer de modo a tornar a estadia inesquecível? Qual VALOR está atrelado ao serviço prestado?

Por outro lado, há aqueles que escolhem pagar mais caro em uma hospedagem justamente por perceber o valor que está por trás: um farto café da manhã, uma área de lazer incrível, a oferta de atividades para a diversão das crianças, uma vista linda… Coisas que certamente geram uma satisfação que o dinheiro não compra. Ou seja: por conta do valor agregado, os hóspedes não se importam em pagar a mais.

E aqui entra mais um ponto importante ligado à diferença entre preço e valor: a forma como esse último te permite destacar seu restaurante da concorrência.

Os restaurantes próximos trabalham com preços similares aos seus, e você sente que isso afeta suas vendas? Então agregue valor ao seu negócio e perceberá nitidamente como essa iniciativa pode te beneficiar.

Vamos falar abaixo sobre como isso pode ser feito.

A geração de valor como forma de aumentar as vendas no restaurante

Quando falamos de agregar valor, pode parecer que se trata de algo complicado de ser feito, mas não é.

Muito pelo contrário: com iniciativas simples no dia a dia você já consegue chegar a esse resultado, e aqui vão algumas dicas a respeito:

CRIE E MANTENHA UM ATENDIMENTO DE EXCELÊNCIA

Não há como negar que existem muitos estabelecimentos que não dão a devida atenção ao atendimento, ignorando o quanto ele é importante na hora de gerar valor e aumentar as vendas no restaurante.

Como já falamos em outros artigos, tenha uma equipe treinada no sentido de atender bem, indo além da expectativa do cliente, pois é isso que fará a diferença e levará as pessoas a voltarem mais vezes.

TENHA UM DIFERENCIAL EM SEU RESTAURANTE

Trabalhar com as mesmas coisas que a concorrência trabalha de fato não é uma forma inteligente de mostrar valor.

É preciso apostar em diferenciais que provem para o cliente que em seu restaurante ele irá encontrar muito mais do que um preço bacana. A questão do atendimento e da qualidade em si não entra necessariamente nesse contexto, afinal são pontos obrigatórios em qualquer negócio, portanto foque em criar um diferencial em outros pontos.

Que tal servir um drink que ninguém mais serve?

Ou servir pratos que tenham ótimas histórias por trás de suas criações, encantando ainda mais seus clientes?

FOQUE NA EXPERIÊNCIA DO CLIENTE

Tanto seus diferenciais quanto a qualidade do seu atendimento e dos seus produtos contribuem para criar a experiência perfeita para o cliente, o que também gera valor e aumenta as vendas no restaurante.

Mas vá além, fazendo com que cada detalhe do seu estabelecimento seja focado nessa experiência, como a decoração, a música ambiente e a apresentação dos pratos.

A formação do preço de venda e sua contribuição para a lucratividade do seu restaurante

Agora que você já aprendeu a diferença entre preço e valor, e como utilizar esse último para aumentar as vendas no restaurante, é hora de entender como utilizar a precificação também focando na lucratividade.

É importante ressaltar que não importa o preço que você cobre: se seus clientes perceberem o valor que é oferecido, dificilmente pensarão duas vezes antes de pagar. Porém é fundamental trabalhar a precificação correta, que não pese no bolso do cliente (mesmo que ele esteja disposto a pagar a quantia cobrada) e não seja injusta com o negócio em si, afinal estamos falando de lucro, sem o qual nenhum restaurante sobrevive.

Para chegar a essa precificação, esqueça qualquer achismo ou preço trabalhado pela concorrência, pois cada caso é um caso, e o seu foco deve ver nos SEUS números. Números esses que envolvem:

  • Despesas fixas;
  • Custos de produção;
  • Despesas variáveis.

A ficha técnica é a ferramenta de apoio dos donos de restaurante nesse processo, e não raramente surgem dúvidas sobre como utilizá-la. A boa notícia é que existe o Treinamento Cardápio Vendedor, focado justamente em abordar de forma profunda tudo o que você precisa saber sobre formação de preço de venda e a criação de um cardápio que realmente funcione a favor do seu negócio.

Não espere mais para começar: clique no link acima para saber mais informações sobre esse treinamento e ler os depoimentos de alunos que viram seus restaurantes transformados em pouco tempo com esse material, agregando muito mais valor ao que é vendido.

Se ficar com qualquer dúvida, nossa equipe está à disposição para ajudar.

como-criar-um-cardapio-curso